Objetivo Campinas

#façaParte

Voltar

Conheça o Colégio Objetivo Campinas

O Centro Educacional Objetivo de Campinas, com quatro unidades: Cambuí – Centro – Barão Geraldo – Vila Industrial, ao longo dos anos se tornou referência na cidade como uma escola que oferece ensino completo.

Em 2004 o Objetivo recebeu nova diretoria e iniciou uma importante etapa para o colégio. Com a entrada dos novos mantenedores um grande investimento foi feito nas unidades com o objetivo de renovar e aprimorar por meio de novas atividades pedagógicas, estrutura adequada a cada segmento e profissionais de alto nível de qualificação para receber as crianças e seu fantástico mundo de descobertas além de formar adultos éticos e preparados para passar nos melhores vestibulares do país.

Um pouco da história do Objetivo

Idealismo e entusiasmo foram alguns dos requisitos que levaram, em 1965, os estudantes de Medicina João Carlos Di Genio e Dráuzio Varella e os médicos Roger Patti e Tadasi Itto a fundar um pequeno curso preparatório para as faculdades de Medicina, na região central da cidade de São Paulo.

O sucesso alcançado nos exames daquele ano pelos alunos por eles preparados fez com que, já em 1966, o Curso Objetivo fosse um dos maiores da cidade.

A intenção sempre foi o desenvolvimento de um projeto educacional mais abrangente. Por isso, a partir do pequeno curso preparatório, o Objetivo transformou-se na maior instituição de ensino do Brasil.

Em 1970, foi criado o Colégio Objetivo com currículo de Ensino Médio. Em 1972, foram implantadas as Faculdades Objetivo, embrião da futura Universidade Paulista – UNIP –, atualmente a universidade que mais cresce no País.

Em 1974, nasceu o Colégio Objetivo Júnior, abrangendo a Educação Infantil e o Ensino Fundamental.

Em 1982, foi criado o Centro de Pesquisa e Tecnologia Objetivo (CPT), mais tarde batizado CPT – UNIP/Objetivo. Professores e pesquisadores do CPT são os responsáveis pela implantação de diversas atividades educacionais.

O desafio da renovação e a solidez da tradição

O mundo atual impõe aos educadores, crianças e jovens o desafio de adaptar-se às novas tecnologias. Formar o indivíduo para um mundo globalizado e para os seus novos parâmetros envolve a capacidade de utilização desses recursos. Por esse motivo, nosso modelo educacional é permanentemente aberto ao novo, ao dinâmico, ao interativo e atento a essa realidade que se transforma a todo momento.

É esse o caminho que trilhamos dia após dia: desafio da renovação e solidez da nossa tradição.